Buscar
  • Andréia Lima

Hérnia de disco e o tratamento com Pilates

A hérnia de disco é uma patologia causadora de grandes dores na coluna e pode desencadear problemas posturais, diminuição de mobilidade e flexibilidade. Quando as estruturas que dão suporte não são capacitadas de estabilizá-la de forma eficiente, a coluna fica vulnerável, sendo a degeneração do disco intervertebral e sua herniação posterior uma das lesões mais frequentes.


Isso ocorre porque há um deslocamento da parte interna do disco intervertebral e quando este desgaste é muito grande, pode ocorrer uma ruptura no anel, levando o núcleo discal para fora. Os casos mais comuns são nas regiões cervical e lombar, pois são áreas mais expostas ao movimento e que suportam maior carga, o que não é regra, pois pode ocorrer também em toda a estrutura da coluna.





Tipos de Hérnia Discal


Existem três tipos de hérnias de disco:


Hérnia protusa: ocorre um deslocamento do centro do disco, porém, sem rompimento das fibras, o que gera uma compactação e leva à um quadro doloroso.


Hérnia extrusa: ocorre ao rompimento das fibras, mas não extravasa ao canal medular. Gera uma compressão um pouco maior que a ocasionando anterior um quadro de dor mais intenso e prolongado.


Hérnia sequestrada: ocorre ao rompimento das fibras e o núcleo migra para o canal medular. Além da compressão e da dor, provoca uma inflamação importante e alteração nos quadros sensitivo e motor.

Causas da Hérnia Discal


A repetição excessiva do mesmo movimento, força da gravidade, tensão do dia-a-dia, posturas viciosas, desvios posturais e o envelhecimento acabam diminuindo o espaço entre as vértebras e pressionando o disco, até ele ser desgastado, facilitando assim a formação da hérnia de disco. Ao longo da vida, 60 a 80% da população mundial desenvolvendo lombalgia, cerca de 5% dos homens e 2,5% das mulheres apresentam hérnia de disco lombar.

O Pilates como Tratamento

Encontra-se em estudos que a prática da atividade física, nutricional o fortalecimento muscular, melhora a flexibilidade e o condicionamento aeróbico, e pode ainda oferecer efeitos positivos à autonomia funcional dos indivíduos, especialmente, acima dos 60 anos.


O pilates, como forma de tratamento, pode ser usado tanto para prevenção quanto para diminuição dos sintomas de hérnia discal. É uma modalidade de condicionamento físico que contribui muito nos casos de hérnias de disco. Age como um tratamento eficaz, interagindo corpo e mente, trabalhando o corpo como um todo, proporcionando benefícios mentais inclusivos. O método inclui um programa postural buscando alívio das dores musculares, melhora a flexibilidade e força muscular, amplia a capacidade de execução dos movimentos, aumento o controle, a força, o equilíbrio muscular e a consciência corporal, corrige a postura e realinha à musculatura, desenvolvendo a estabilidade corporal necessária para uma vida longa e saudável, minimizando o sofrimento do paciente.


O Pilates é efetivo nas dores causadas pela hérnia porque os exercícios geram estabilidade na coluna e maior afastamento entre as vértebras, devido aos alongamentos e mobilidades realizadas na coluna.

O método é aplicado nas centrais do corpo, o CORE, que inclui a região do abdômen, costas e quadril. Esses grupos musculares absorvem grande parte do impacto, estabilizando, sobretudo como articulações da coluna e restabelecendo também os espaços intervertebrais através do fortalecimento e ao longo dos grupos musculares, o que resulta em uma maior proteção dos discos intervertebrais e alinhamento corporal.


É visível e confirmado através de pesquisas que os pacientes que praticam pilates, relatam ou alívio das dores e incômodos na hérnia de disco, além da recuperação do quadro de álgia crônica e um índice elevado de satisfação com o tratamento.


Com tantos benefícios proporcionados aos praticantes, o pilates hoje em dia se tornado uma técnica extremamente popular, principalmente no ramo dos tratamentos fisioterapêuticos, problemas ortopédicos, e até respiratórios. Mas é de extrema importância que ao usar o método se conheça suas aplicações, contraindicações e formas de utilização, oferecendo ao paciente uma técnica mais adequada às alterações por ele.


#pilates #institutolima #mooca #sãopaulo #sp #herniadedisco #hérniadedisco #exercicio #bemestar #qualidadedevida #saúde #equilíbrio

4 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo