Buscar
  • Andréia Lima

Pilates para Ansiedade

O Pilates é uma técnica criada pelo ginasta alemão Joseph Pilates no início dos anos 20 e que chegou ao Brasil em 1991. Técnica esta que concilia tanto o fortalecimento corporal quanto cerebral.


Hoje em dia a prática é usada em todo o mundo, tanto para o desenvolvimento de mobilidade, força e flexibilidade, como para a melhora do tônus muscular e da postura.


Além disso, a técnica se demonstra cada vez mais benéfica, e não apenas para o corpo. É visível o bem-estar emocional de quem pratica a modalidade, o impacto do pilates na saúde mental dos adeptos da prática já é comprovada através de estudos e pesquisas.



Comprovando Resultados


Com uma rotina conturbada, as pessoas estão com a vida cada vez mais atribulada, procurando formas de alívio para o corpo e para a mente. E não existe nada melhor do que unir essas duas alternativas.


Estudos mostram que a prática regular de exercícios físicos melhora a neurogênese, ou seja, estimulam a produção de novas células cerebrais, criando ainda uma proteção nas demais células já existentes. As mudanças mais perceptíveis são nomeados na região do hipocampo, que é responsável pela memória e aprendizagem.


E é aí que o pilates ganha cada vez mais espaço e encontra o seu lugar no mundo da saúde e bem-estar.

Benefícios do pilates na ansiedade

Atualmente os inimigos mais relevantes da saúde mental são o estresse e a ansiedade. Juntos, podem causar doenças graves, como a depressão, a obesidade e problemas cardíacos.


O estresse sinal no dia a dia tende a produzir e aumentar a liberação de hormônios como a adrenalina e o cortisol. Causando uma aceleração da respiração e dos batimentos cardíacos, aumento assim a pressão arterial. Influenciando ainda em contrações musculares involuntárias, o que resulta em maior tensão e dores constantes.


O pilates além de ser uma prática que desenvolve a musculatura e a força, ele não só define a musculatura corporal, como também “lapida” sua mente, potencializa a concentração e desenvolver a habilidade da atenção plena.


Promovendo assim, uma integração entre saúde física e mental, de uma forma em que uma pessoa aprenda a realizar os movimentos de maneira precisa, controlada e com a postura adequada. Portanto, para que isso ocorra é necessário aliviar o estresse e focar no objetivo. A concentração exigida durante a prática é um dos motivos que afasta os problemas da mente, consequentemente diminuindo o estresse. A combinação destes fatores reduzem cansaço físicos e emocionais.


Sendo assim, a prática do pilates contribui na prevenção e no combate contra ansiedade e o estresse, diminuindo a produção excessiva de hormônios prejudiciais e ajudando na produção de neurotransmissores benéficos, como é o caso da endorfina, que quando liberada nos enche de uma causa de bem-estar. Resultando assim na diminuição das tensões, o que acarreta em mais disposição e melhora do humor, diminuindo a ansiedade e nos tornando mais equilibrados emocionalmente.

Autor: Fisioterapeuta Kayo André Fernandes



#pilates #ansiedade #pilatesparaansiedade #institutolima #mooca #sãopaulo #sp

#estresse #stress #bemestar #qualidadedevida #saúde #equilíbrio

6 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo